Como ser um melhor conversador (em 5 passos)

Como ser um melhor conversador (em 5 passos)

Todo empreendedor necessita ter incontáveis habilidade, desde criatividade até análises lógicas. Estas capacidades variam de complexidade e especificidade, existindo algumas básicas como o gerenciamento que permeiam o seu dia a dia, até mais complicadas que são referentes a sua indústria.

Mas há uma habilidade incrivelmente básica, porém pouco apreciada, no entorno empreendedor atual: a arte da conversação. Suas habilidades como conversador são um fator decisivo sobre como se desenvolvem diferentes experiências durante o curso da vida dos seus negócios. Alguns exemplos são:

– Apresentar seu negócio a investidores, persuadi-los de investir e escutar suas ideias e observações.

– Atrair os seus primeiros clientes e convencê-los de ficarem com a sua marca.

– Escolher membros da sua equipe através de entrevistas, retê-los e mantê-los motivados.

– Conduzir, organizar e delegar tarefas diariamente.

– Reunir boas críticas da sua equipe e clientes para fazer melhorias.

Conversar é, certamente, uma habilidade fundamental que afetará literalmente cada área do seu negócio. Entretanto, não há uma disciplina para saber conversar e raramente temos a oportunidade de criticar honestamente como falamos.

Mudanças que pode ir fazendo

Afortunadamente, há alguns hábitos e considerações gerais que podem ajudar você a ser melhor conversador:

  • Preste a atenção

Existem milhares de artigos que dizem que você deve demonstrar que está prestando a atenção através de contato olho no olho com o seu interlocutor, concordar continuamente e repetir a última frase que a pessoa com quem está falando disse. Mas, como a conferencista do TED Celes Headle coloca “para que necessita pretender prestar a atenção quando você pode simplesmente prestar a atenção?”. Quando estiver conversando você deve não só esperar a oportunidade de voltar a falar. Escute realmente o que a outra pessoa está dizendo a você, absorva isso e responda adequadamente. Você entenderá mais claramente o que o seu interlocutor quer dizer.

  • Faça perguntas abertas

Um conselho comum para ser melhor conversador é fazer perguntas abertas. Não pode fazer uma série de questionamentos curtos e esperar boas respostas. Melhor fazer perguntas abertas que obriguem o interlocutor dar uma informação valiosa. Não pergunte “Você gosta da nossa nova página web?”. Este questionamento resulta em um “sim” ou um “não”, o que fecha a conversação e dá para você informação pouco valiosa. Melhor considerar perguntar algo como “O que você acha da nossa nova página web?”

  • Deixe a conversa fluida

Durante o transcurso da conversa aparecem muitas mudanças de tema. Deixe que passem de maneira natural. Muitos pensamentos e pontos de conversação entram em sua mente ao longo da conversa, mas você não deve interromper o fluxo da conversação para fazê-los notar a força. Seu objetivo aqui é manter o diálogo ativo, com um ritmo que se desenvolva naturalmente.

  • Seja cuidadoso

A gente espera que cumpra a sua palavra, assim que tenha cuidado como que você se comprometer a fazer ou que deva saber. Por exemplo, se um cliente perguntar se pode personalizar o software que você oferece como uma nova ferramenta, não responda “sim” somente para manter a conversa em movimento (a menos que, efetivamente, a resposta seja “sim”). Em contrapartida, um “não sei” é uma resposta perfeitamente aceitável, sempre e quando se comprometam a dar uma resposta.

  • Evite detalhes a menos a menos que sejam necessários

A concisão é uma ferramenta poderosa que faz que as suas palavras sejam mais significativas, e ajuda a manter a conversação centrada em um só tema. Isso não significa que deva responder em fragmentos de umas poucas palavras, mas sim quer dizer que deve evitar entrar em todos os detalhes que não são necessários para seus pontos finais. Por exemplo, se você não vai terminar uma tarefa em um prazo estabelecido, mas tem um plano para terminar o projeto em um ou dois dias mais, não se preocupe em explicar todas e cada uma das dificuldades que apareceram durante o caminho. Mantenha uma explicação aberta, porém simples, a menos que o cliente peça mais detalhes.

 

Em resumo, se necessita tempo para converter em um melhor conversador, ao igual que se necessita prática para ser melhor em qualquer outra tarefa, mas quanto mais tempo e energia se investir nessa habilidade, mais recompensas ganhará em seus futuros compromissos.

 

Além disso, ser um melhor conversador é algo mais que um extra para seu curriculum vitae, ajudará você a ser um melhor amigo, filho, pai, esposo e até mesmo um melhor estranho.

E ai? O que você acrescentaria de dica?
Testou alguma e trouxe resultado? Descreva sua sugestão nos comentários!

Texto Traduzido de: https://www.entrepreneur.com/article/273889

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *