Elon Musk, Bill Gates and Jeff Bezos compartilham 5 dicas que ajudaram eles a terem sucesso

Elon Musk, Bill Gates and Jeff Bezos compartilham 5 dicas que ajudaram eles a terem sucesso

Bill Gates, Elon Musk e Jeff Bezos possuem, juntos, um patrimônio líquido de aproximadamente US$ 195 bilhões. Juntos eles possuem o equivalente aos PIBs da Grécia, Hungria ou Algeria.

Enquanto cada empreendedor tem um conjunto único de peculiaridades que o fez ter sucesso, estes três também possuem algumas coisas em comum que os permitiram construir algumas das mais respeitadas e inovadoras empresas do mundo.

  1. Reconhecimento impecável de tendências

Em 1975, Bill Gates largou Harvard depois de apenas dois anos. Ele alega que passava mais tempo nos laboratórios de informática que estudando para as provas. Gates, juntamente com seu co-fundador Paul Allen, percebeu que os computadores pessoais iriam precisar de um software para funcionar corretamente. Depois de comprar um Altair 8800 (um dos primeiros computadores domésticos), ele e Allen previram que os computadores iriam, um dia, estarem presentes em cada domicílio dos Estados Unidos.

Em 2004, o co-fundador da Tesla Martin Eberhard enviou um e-mail para Elon Musk, que já havia participado com sucesso da PayPal e fundado SpaceX, pedindo para uma reunião para discutir um investimento na sua nova empresa de carros elétricos. Musk, que já acreditava no poder dos carros elétricos há uma década, se interessou em investir. O envolvimento de Musk gerou um fundo US$7,5 milhões de investimento. Mais tarde, Musk iria se tornar o presidente do conselho e CEO da Tesla.

Jeff Bezos fundou a Amazon em 1995. Naquele tempo, a Amazon só vendia livros, embora Bezos soubesse desde o momento em que fundou a empresa que a plataforma de comércio eletrônico se tornaria uma “loja de tudo”. Quando a Amazon foi fundada, o eBay não existia, e a Barnes and Noble ainda não vendiaa livros online. Bezos teve uma premonição sobre o futuro, e agiu rapidamente para construir o que hoje é uma empresa de US$ 500 bilhões de dólares.

  1. Acreditar em si mesmo e no seu time de fundadores

Gates, Bezos e Musk acreditavam muito nas suas habilidades e nas dos seus colegas de equipe. Uma coisa é ter uma ideia visionária, outra é largar Harvard, investir milhões numa empresa pequena de carros elétricos ou assumir uma dívida enorme.

Pegue Jeff Bezos como exemplo. Após se formar em Princeton, ele terminou como o vice-presidente da DE Shaw, uma empresa de investimentos. Quando ele teve a ideia de fazer uma loja online de livros, ele largou seu emprego na DE Shaw no meio do ano de 1994. Em outras palavras, Bezos abriu mão de um bônus de final de ano considerável para fundar uma pequena empresa localizada com sede em sua garagem.

  1. Alta tolerância ao risco

Fundar uma startup implica em uma grande quantidade de risco. Um estudo mostrou que após 10 anos rodando, 96% das startups falham. Isso significa que, estatisticamente falando, Gates, Musk e Bezos estavam lutando contra a probabilidade quando eles decidiram abandonar suas rotinas confortáveis e se arriscar na abertura de uma empresa.

Por exemplo, Musk largou seu programa de pós-doutorado em Stanford para fundar uma empresa chamada Zip2 com seu irmão. A empresa foi vendida para a Compaq, rendendo a Musk um pouco mais que US$ 20 milhões. Mas ao invés de guardar o dinheiro e seguir a vida, Musk novamente assumiu um grande risco investindo milhões de dólares fundando uma empresa chamada X.com, a qual mais tarde iria se fundir a outra empresa para formar o PayPal.

  1. Preferências por integrações verticais

Microsoft, Amazon, Tesla e SpaceX são empresas que tendem a preferir produtos verticalmente integrados. Um aspecto crítico do desenvolvimento da Microsoft  foi a integração horizontal das outras empresas de software em suas aquisições. Por exemplo, em 1994, a empresa comprou a SOFIMAGE, e um ano depois comprou a Altamira.

Amazon, Tesla e  SpaceX todas abraçaram a integração vertical. A Amazon já está desenvolvendo sua linha própria de produtos chamada Amazon Basics, e está trabalhando com sistemas de entrega também. Isto significa que, em um futuro próximo, Amazon irá produzir, comercializar e distribuir seus produtos, controlando a cadeia produtiva do início ao fim.

Tesla não só produz carros elétricos, como também educam o público sobre este tipo de automóvel nos showrooms da Tesla ao redor do país. E a SpaceX não apenas lança foguetes, eles desenvolvem sua própria arquitetura de foguetes também.

  1. Persistência para perseguir uma paixão

Todos os três fundadores descritos neste artigo são teimosos e persistentes. Eles perseguiram suas paixões ao invés de continuar com suas carreiras convencionais. Bezos abandonou uma carreira lucrativa em Wall Street para criar a “loja de tudo”. Mais tarde, Bezos fundou a Blue Origin, uma empresa que começou a explorar o espaço. Contam que Bezos, quando criança, disse aos seus professores que “o futuro não é neste planeta”.

Gates era apaixonado por computadores desde que era um menino em estudando na Lakeside School. Lá, ele iria gastar tanto tempo no laboratório de informática que seria reprimido pelos professores. Como mencionado acima, Gates passou uma quantidade semelhante de tempo nos computadores pessoais enquanto estudava em Harvard. Ao invés de terminar sua graduação em Direito em Harvard, ele teimosamente seguiu seu sonho até se tornar um sucesso.

Musk arriscou seu próprio dinheiro começando vários negócios, muitos dos quais ele era incrivelmente apaixonado. Como mencionado acima, Musk já se sentia atraído por carros elétricos e suas tecnologias 10 anos antes de liderar a Tesla. Analogicamente, Musk se tornou apaixonado por viagens espaciais após ler O Guia do Mochileiro das Galáxias quando criança. Ele iria fundar a SpaceX em 2002, após o Paypal ser vendido para o eBay.

Enquanto Bill Gates, Jeff Bezos e Elon Musk possuem qualidades únicas que os ajudaram a serem bem sucedidos, estes fundadores tech também compartilham um número de características-chave que os ajudaram a ter sucesso.

Todos os três reconhecem que houveram padrões sociais sutis que os inspiraram a lançar seus negócios no momento certo. Todos eles estavam dispostos a assumir grandes riscos porque eles acreditavam neles mesmos e em seus times, e todos eles fundaram empresas inspiradas em suas paixões de infância.

 

Texto traduzido de: http://www.businessinsider.com/elon-musk-bill-gates-and-jeff-bezos-all-share-5-traits-2017-10/#1-impeccable-pattern-recognition-1

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *