Guia do Networking – 21 dicas para melhorar suas conexões

Guia do Networking – 21 dicas para melhorar suas conexões

Networking é a rede de contatos profissionais que alguém possui.

O principal objetivo do networking é facilitar interações profissionais que ajudem a pessoa a atingir seus objetivos (encontrar novos clientes, fornecedores, benchmarking de processos/produtos, novas oportunidades de emprego…).

Para que o networking efetivamente funcione, o primeiro ponto é se tenha uma rede para se contatar. Por isso, quanto maior e melhor a relação que a pessoa tem com sua rede, maior o potencial que se pode explorar.

Construir uma rede de contatos constantemente e mantê-la ativa exige empenho social. Entretanto, nem todas as pessoas possuem intrinsecamente a facilidade de iniciar novas relações, ainda mais em ambientes profissionais.

Com o objetivo de trazer boas práticas para ajudar a criar uma grande rede de networking e como mantê-la ativa, colocamos 21 dicas especiais em 5 partes:

Parte I – Esteja mentalmente preparado

1) Ajude sua rede

Uma dica que é ótima é a da reciprocidade. Ajude para ser ajudado.

Sempre veja o que sua rede está envolvida e tente ajudá-los com os seus contatos.

Ofereça ajuda sempre que puder e contribua para que novas conexões se formem próximas de você. Se importe genuinamente com sua rede que ela contribuirá na mesma moeda. Seja uma pessoa solícita e empática que a gentileza certamente retornará para você de outra forma.

Se de alguma maneira, você efetivamente colaborar para ajudar alguém, isso não será esquecido e assim que puder, certamente essa pessoa tentará retribuir quando você precisar.
Lembre-se que ajudando a conectar duas pessoas que você acredita que existe sinergia, você está colaborando duplamente para sua rede e consequentemente dobrará suas chances de mais tarde eles ajudarem também. Não faça nada esperando algo, simplesmente ajude sua rede a crescer que consequentemente ela já será valiosa por si só.

“A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro.” Platão

 

2) Reconhecimento

Não se esqueça de reconhecer as pessoas que sempre ajudaram você. A gratidão é algo que fortalece as relações e mostra que você aprecia o esforço que a pessoa fez para ajudar.
Não precisa enviar presentes caros ou convites cheios de glamour para que isso seja perceptível. O ato aqui vale mais que o objeto.
Uma mensagem sincera muita vezes é mais do que o suficiente.

“A gratidão é o único tesouro dos humildes.” William Shakespeare

3) Seja agradável

Esteja aberto a escutar as pessoas e mantenha um bom humor nos ambientes onde você está. Todos gostam de se sentir ouvidos e que se importam com sua opinião. Se interesse no que estão contando e tente entender o que ela quer colocar, independente de quem seja e onde estiver. Uma postura agradável favorecerá que as pessoas se sintam mais confortáveis na sua companhia e você também efetivamente aprenderá algo novo.

 

“Conhecemos um homem pelo seu riso; se na primeira vez que o encontramos ele ri de maneira agradável, o íntimo é excelente.” Fiódor Dostoiévski

 

4) Empatia

Uma palavra fácil de falar e muito difícil de seguir. Não se esqueça que tudo se trata de relações entre pessoas. Se você não se preocupar com as pessoas, suas relações não serão saudáveis e consequentemente sua rede também não.

Se coloque sempre no lugar do outro e pense “Se eu estivesse em seu lugar, como eu gostaria que as pessoas reagissem?”. Depois dessa reflexão, basta agir como você acreditar ser o mais correto que você já fez sua parte.

 

“Ser empático é ver o mundo com os olhos do outro e não ver o nosso mundo refletido nos olhos dele.” Carl Rogers

5) Curiosidade

Seja efetivamente curioso. Tente realmente entender o que está acontecendo. Pergunte, se interesse e entre no universo das pessoas. Isso fará com que você aprenda muito sobre outros assuntos e principalmente sobre pessoas, como elas pensam e o que é importante para elas. Você não precisa dominar o assunto para manter uma conversa com o interlocutor, você precisa é estar interessado, e isso depende exclusivamente de você.
Se você tiver dificuldade de manter a conversa depois de iniciá-la, uma dica é tentar repetir a última palavra ou frase em um tom de questionamento. Na maioria dos casos a pessoa seguirá falando mais sobre aquele assunto trazendo maiores detalhes.

 

Exemplo:
“Então nós hoje trabalhamos com uma agência de marketing digital para estrangeiros.”
“Para estrangeiros?”
Ele provavelmente explicará a razão e a conversa continuará.

“A cura para o tédio é a curiosidade. Não existe cura para a curiosidade.” Ellen Parr

Parte II – Onde construir uma rede de networking

6) Atividades em Grupo

Para criar uma rede você precisa conhecer outras pessoas. Uma dica muito interessante é participar de atividades em grupo, assim necessariamente você conhecerá novas pessoas e expandirá sua rede de contatos. Participe de grupos de idioma, de um curso, de esportes ou de hobbies. Essa é uma dica preciosa para quem mudou de cidade e precisa reconstruir amizades e um novo círculo social do zero.

 

“Se quer ir rápido, vá sozinho. Se quer ir longe, vá em grupo.” Provérbio africano

 

7) Internet (blogs, páginas, grupos, sites)

A internet é outro ambiente que propicia a conexão com novas pessoas de maneira fácil e direta. Participar de blogs, páginas, grupos e sites de seu interesse, facilitam uma primeira troca de conhecimentos de maneira mais fácil, pois claramente existe um assunto em comum.

“A inteligência de uma criatura conhecida como multidão é a raiz quadrada do número de pessoas dentro dela.” Terry Pratchett

 

8) Eventos/Feiras/Congressos

Talvez a maneira mais comum de iniciar novas conexões profissionais seja através de eventos (mesmo que não corporativos). Procure o que está acontecendo em sua cidade e se existem assuntos que parecem interessantes e participe. Eventos são uma ótima maneira para conhecer novas pessoas.

 

Existem plataformas de evento que você poderá encontrar facilmente o que está acontecendo na sua cidade, como por exemplo:

Meetup – https://www.meetup.com
Facebook – https://www.facebook.com/events/upcoming
Sympla – https://www.sympla.com.br/eventos
Nfeiras – http://www.nfeiras.com/cidades/
EventBrite – https://www.eventbrite.com.br/

 

“A verdadeira viagem de descobrimento não consiste em procurar novas paisagens, e sim em ter novos olhos.” Marcel Proust

 

9) Reative sua Rede

Outra dica que pode ajudar você a expandir seu networking é reativar seus contatos antigos. Consequentemente poderá ajudar você a atingir mais um nível de contatos, os amigos dos seus amigos.

O passo mais fácil é entrar em contato com ex-colegas do colégio, faculdade, trabalhos que passou, cidades em que já morou…
Descobrir o que andam fazendo pessoal e profissionalmente. Se interar de suas vidas além de demonstrar reconhecimento e apreço, ajudurá você a ficar por dentro dos projetos que seus amigos estão envolvidos. Recontatando uma boa parcela dessa sua rede, a chance de você encontrar alguém com projetos similares ou com sinergia com o que você está realizando são enormes.

E caso não, muitas vezes eles conhecerão outras pessoas que de alguma forma podem ajudar suas iniciativas. Então, pegue aquela sua agenda velha e recontate antigas amizades. Você se surpreenderá com o resultado.

“Pode ser que um dia nos afastemos…
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.” Albert Einstein

10) Organicamente

Uma estratégia para ajudar a construir uma rede é que organicamente ela cresça. Para isso, você precisa que mais pessoas descubram o seu trabalho. Uma forma mais fácil de realizar isso é criar uma presença digital mais forte. Você pode começar através de um blog, um canal no youtube, um twitter ou Instagram. Lembre-se de sempre agregar algo de novo para atrair o interesse de novas pessoas querendo aprender mais com você. Se você foi atrás de outras pessoas por seus conteúdos online, muitas outras pessoas também poderão ir atrás de você também, não é verdade?

 

“Se tens conhecimento, deixa que as outras pessoas acendam as suas velas na tua.” Thomas Fuller

 

Parte III – Como iniciar uma nova conexão

11) Chegue antes

A primeira dica que pode funcionar bem para iniciar novas conexões é chegar antes.

Independente se for uma festa, um evento, no aeroporto… Se você quer realizar novas conexões, chegue antes.

Quanto menos pessoas estão em um ambiente mais fácil é iniciar uma nova conversa. Chegando depois você pode encontrar grupos de conversa já iniciados e será muito difícil entrar em uma roda para se aproximar e participar. Em ambientes abertos, quanto mais pessoas, mais difícil será iniciar uma conversa pois outros ficaram analisando vocês, o que pode muitas vezes ser um pouco constrangedor.

Se você  chegar antes, o inicio de conversa mais fácil é fazer uma pergunta despretensiosa e óbvia, mas que fará com que haja uma interação inicial.
As mais básicas são do tipo:

Exemplo de um Evento:
“O evento X é aqui?” “Sabe que horas ele começa?” “Já participou alguma vez?” “O que você acha que eles vão falar?”… depois pode iniciar com “Desculpa, nem me apresentei, me chamo Y e você?”

Depois assim que chegar alguém no ambiente você pode chamá-lo para roda também “Você veio também para o evento X?” “Bacana, deixa eu te apresentar a Z, eu me chamo Y”. Assim, caso a conversa não avance com a primeira pessoa, você acaba de criar uma nova oportunidade.

Depois durante o evento não se esqueça de reativar essa conversa. “O que você está achando?” “Antes que eu me esqueça, você tem algum cartão da empresa sua empresa?”.

“Deus ajuda quem cedo madruga.” Ditado Popular

12) Coffee Break

Outro momento propício para uma interação inicial é no coffee break, que é um espaço onde geralmente existe uma mobilidade maior e que as pessoas estão mais vulneráveis.

Uma dica de inicio de conversa é esperar a pessoa provar alguma comida e você indagar: “Oi, que sabor é esse?” “E ai? É bom?” “Vou provar também… hummm, verdade…” “E o que está achando do evento?”…

 

“Andar por terras distantes e conversar com diversas pessoas torna os homens ponderados.” Miguel de Cervantes

13) Iniciar conversa digital

Se você encontrar alguém que você quer conhecer e possui seu contato virtual, uma boa dica é ver se você possui algum ponto de contato com essa pessoa. Caso tenha, peça para que essa pessoa apresente vocês mesmo que digitalmente (um email, um chat, uma mensagem…). Caso você não possua nenhum ponto de contato, é você encontrar um ponto de interesse para iniciar a conversa. Uma dica é ver o que essa pessoa escreve e iniciar a conversa sobre esse tema:
“Olá, li seu texto sobre Y e gostei bastante, tentei aplicar em minha empresa e tive dificuldade em  A, B C. Se você tiver alguma dica para isso, eu agradeceria a gentileza! Parabéns pelo seu trabalho”.
Detalhe, obviamente, não minta. Se recorde dos pontos interiores, se interesse genuinamente pelo assunto para fortalecer a relação.

“Admiração. O nosso reconhecimento cortês de que outra pessoa se assemelha a nós.” Ambrose Bierce

 

14) Por telefone

Se você conseguir o telefone de alguém que você deseja iniciar uma conversa, o primeiro passo é identificar como você obteve o número da pessoa.

Isso trás mais proximidade e favorece que a pessoa dê a oportunidade de você se apresentar e explicar o motivo do contato.

Ao realizar a ligação, diga rapidamente quem passou/onde você encontrou o contato e pergunte se a pessoa está disponível no momento.

Exemplo:

“Olá, Pedro? Aqui quem fala é Diego, encontrei a empresa de vocês em uma revista e tenho uma proposta. Pode falar agora?”


Uma boa dica para conseguir contatar por telefone é encontrar o telefone da empresa onde ela trabalha e pedir para falar diretamente com ela.
Caso seja alguém de posição hierárquica alta, tente os primeiros horários da manhã ou logo após o horário comercial, assim as chances de cair em secretárias ou pessoas intermediárias é menor.

“O telefone é uma boa maneira de conversar com alguém sem ter de oferecer-lhe um drinque.” Fran Lebowitz

15) Por mensagem

Caso você tenha acesso a um número particular e deseja fazer o primeiro contato por mensagem, assim como na apresentação por telefone, é preciso identificar como você obteve o número. Apresentar quem é a ponte que os conectou já criará um grau de confiança entre vocês. Por mensagem não existe a necessidade de verificar a disponibilidade da pessoa, uma vez que ela poderá responder à mensagem no momento que acreditar mais oportuno.

Exemplo: “Olá Antônio, tudo bem? Aqui quem fala é o Diego, quem me passou seu contato foi o José. Tenho um projeto na área Y e gostaria de ouvir sua opinião”.

“Não te esqueças que os estranhos são amigos que ainda não conheces.” Abraham Lincoln

 

16) Qualquer lugar

Um pensamento que você deve sempre ter em mente é que qualquer lugar pode funcionar para conhecer uma nova pessoa e consequentemente aumentar seu networking. Uma festa de aniversário, no transporte, no aeroporto, na rodoviária, no bar, restaurante e no hotel. Desde que você esteja aberto a conhecer outras pessoas. Seja agradável, sorria, inicie conversas despretensiosas. Se você não tiver seu cartão ou acreditar que não é um bom momento, tente descobrir o nome da pessoa para buscá-la nas redes sociais ou até mesmo anote seu telefone.

Uma ótima alternativa para iniciar uma conversa com algum desconhecido é perguntar o seu nome e de onde vem a sua família:
Exemplo:
“Oi, Diego prazer! Qual o seu nome?”
“Rafael, prazer”
“Você é daqui mesmo?”

“My name is Bond, James Bond”. James Bond

 

Parte IV – Como ativar sua rede

17) Globalmente

Uma maneira fácil de ativar sua rede é que o máximo de pessoas saibam sempre que projetos você está envolvido. Poste nas redes sociais, agende cafés, receba visitas de outras empresas… sempre tente deixar todos a par. Assim, sempre que alguém ver algo relacionado ao o que você está trabalhando, poderá colaborar com você ou até mesmo dar boas indicações. Pense que esse é uma atitude mais passiva, que novas informações e contatos que chegarão até você.

 

“É preciso permitir que alguém nos ajude, nos apóie, nos dê forças para continuar. Se aceitamos este amor com pureza e humildade,vamos entender que o Amor não é dar ou receber, é participar.” Paulo Coelho

18) Direcionado

Para complementar você também pode usufruir técnicas mais ativas de prospecção de informação e contatos. Para isso, uma boa alternativa é você contatar diretamente pessoas que você acredita que podem ajudá-lo e verificar se de alguma forma eles podem contribuir com o que você necessita. Não se esqueça que muitas vezes eles não possuem a resposta final, mas as vezes podem indicar quem tem o potencial de ajudar. Sempre tente expandir sua rede aproveitando a rede de seus contatos.

Para ativá-la, você pode mandar uma mensagem/ligar diretamente para a pessoa e explicar seu projeto. Caso não seja alguém tão próximo, relembrá-lo de como se conheceram.

“Aquilo que pedimos aos céus na maioria das vezes se encontra em nossas mãos.” William Shakespeare

 

19) Por demanda

Quando você tiver uma demanda clara do que necessita, você pode procurar diretamente no mercado empresas que trabalham com isso e agendar um benchmarking com elas. Uma call ou uma visita de benchmarking pode trazer diferentes novos insumos para ajudar a resolver o seu problema contado por alguém com mais know-how ou experiência sobre aquilo, ajudando você a poupar tempo em pesquisa, testes e validações. Atualmente hoje você pode usar a plataforma da Real Networking (https://www.realnetworking.co) para conseguir realizar estes agendamentos.

 

“A necessidade que é a mãe da invenção.” Platão

Parte V – Mantenha sua rede ativa

19) Encontros Presenciais

Para que você crie uma aproximação e relação com sua rede, você precisa constantemente mantê-la ativa. Convidar para tomar um café e discutir o andamento dos projetos é uma ótima alternativa e pode ser realizada com pessoas que existe uma grande sinergia ou que você enxerga um grande valor agregado (que você sempre recebe ótimas dicas por exemplo). Realizar um almoço, um happy hour ou uma janta também são alternativas de encontro para colocar em dia os avanços dos projetos.

Caso você tenha uma rede que acredita ter sinergia, você pode nessas ocasiões criar grupos de interesse em comum e tentar encontrar todos simultaneamente, favorecendo a trocas entre todos os convidados.

“O desejo de ir em direção ao outro, de se comunicar com ele, ajudá-lo de forma eficiente, faz nascer em nós uma imensa energia e uma grande alegria, sem nenhuma sensação de cansaço.” Dalai Lama

 

20) Digitalmente

Conforme sua rede expande, muitas vezes é difícil conseguir tempo e dinheiro para realizar encontros presenciais com tamanha frequência. Por isso, uma dica é manter as relações ativas mesmo que digitalmente. A sugestão mais básica que eu recomendo é a de colaborar com a sua rede conteúdos interessantes que você encontrar. Por exemplo: Você está lendo em um site sobre as novas tendências mundiais de RH. Envie por email/whatsapp para seus amigos profissionais da área que você acredita que poderiam se interessar sobre o artigo.
Se você encontrar algo interessante no Linkedin/Facebook você pode marca-los diretamente.

Criar esse sistema de sempre que ler algo, lembrar de alguém e conectá-lo a essa notícia, será um grande avanço e uma ótima colaboração para a relação de vocês. Demonstra interesse seu e boa vontade em ajudá-lo.

“Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro.” Leonardo da Vinci

Dica de leitura que poderá ajudar você no Networking:

Como fazer amigos e influenciar pessoas – Dale Carnegie

Apesar de ser um livro quase centenário é de extrema precisão sobre como melhorar nossos relacionamentos sociais.  Conheci este livro depois de escutar a história do bilionário Warren Buffet comentar que o ter lido mudou sua vida. Vale a leitura, recomendo também!

 

Dica de Vídeo sobre como iniciar conversas:

É um TedX de Dubai de dezembro de 2015. São só 15 minutinhos e as dicas são muuuuito boas e aplicáveis! 😊

No final das contas, definitivamente o primeiro passo é mais difícil.
Mas lembre-se que cada nova pessoa que você conhece são infinitas novas oportunidades e possibilidades que se abrem. Novas histórias, novos lugares, novos pensamentos e aventuras.

Desobedeça seus pais e SIM, FALE COM ESTRANHOS, eles mudarão sua vida.

Gostou? Que tal conversar com outros colaboradores e conhecer como funcionam suas empresas? É só se inscrever na Real Networking!
https://www.realnetworking.co

Compartilhe:

One thought on “Guia do Networking – 21 dicas para melhorar suas conexões

  1. Dicas excelentes, que se utilizadas de modo equilibrado contribuem para manter azeitada a rede de contatos. Mas vale lembrar: sempre retribua. Não use os contatos como trampolim para atingir seus objetivos e depois, simplesmente, desaparecer. O mundo dá voltas o tempo todo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *