Como conseguir que seu cliente entre por um artigo e saia com vários

Como conseguir que seu cliente entre por um artigo e saia com vários

Instalam monitores em cada estabelecimento e através deles emitem conteúdos que se ajustam aos padrões de consumo específicos desse negócio e de cada cliente. Assim é como dizem conseguir incrementar as vendas entre 40% e 70%.

Imaginemos que um cliente entra em uma farmácia associada ao grupo Cofares do distrito da Latina as 12h da manhã para comprar fraldas para o bebê e, enquanto permanece no estabelecimento, vai vendo conteúdos na tela instalada no balcão relacionados com outros artigos de consumo para bebês sendo que também recebe mensagens no telefone onde anunciam promoções ou lançamentos que possam ser de seu interesse. A reação habitual é aproveitar o momento e deixar levar pelo impulso a compra desse segundo ou terceiro artigo que te recomendaram, que a princípio, não figurava na sua intenção de compra. Digamos também que este mesmo cliente que, por casualidade, vá nessa mesma hora mas em outra farmácia igualmente associada a Cofares, estaria recebendo na tela uma mensagem diferentes porque o histórico desse estabelecimento indica que aqui, o que se consume habitualmente as 12h da manhã são produtos para idosos, não para bebês.

Com esse exemplo ilustra-se a solução que, amplamente, oferecem na Lodariam, uma empresa de base tecnológica que se auto define como “uma fábrica de software especializada na distribuição de conteúdo em dispositivos digitais de forma eficaz”. Tão eficaz que, segundo assegura seu diretor executivo, Alejandro Gutierrez-Bolivar, são capazes de incrementar as vendas dos estabelecimentos entre 40% e 70%. Documentação não é o que falta porque já são 1300 comércios os que têm instalados seus monitores e outros 700 contratos assinados, onde 50% deles correspondem a farmácias, que é o setor onde começaram. Agora estão instalando telas nos novos modelos de supermercado Dia e em muitas outras corporações que são seus clientes, alguns do tamanho da Telefónica e Repsol, o que permitem que eles alcancem um faturamento entre 5 e 6 milhões de euros no final do exercício atual, quase o quadruplo do ano passado (1,5 milhões de euros).

O serviço

Monitores de televisão, geralmente 43 polegadas, são instaladas no balcão ou em alguns pontos com um sistema de distribuição de conteúdo conectados com a informação que emitem os terminais dos pontos de vendas, portas de acesso ao edifício ou no estoque dos armazéns e, conforme a tudo isso, vai se alterando os conteúdos. Existe também a conexão aos celulares dos usuários que optam por se registrar. É assim que medem o impacto sobre o consumidor que exercem os conteúdos audiovisuais que vão emitindo na tela, sua capacidade de mobilizar e dinamizar o consumo, servindo de apoio para a tomada de decisão em tempo real. “Simultaneamente, melhoramos a experiência do usuário transladando estratégias do e-commerce ao interior de uma loja física que segue sendo crucial para a fidelização real dos clientes. É o templo da marca, afirma Gutierrez-Bolívar.

O uso de Machile Learning e Big Data permite que eles acumulem milhares de dados que procurem um conhecimento exaustivo de padrões de consumo de cada estabelecimento e de cada cliente, ajustando a eles os conteúdos audiovisuais. Os resultados e conclusões obtidas são repassadas para o dono do estabelecimento para otimizar sua gestão e o estoque de acordo com suas peculiaridades e as análises preditivas segmentadas por sexo, idade, geolocalização… “O sistema é capaz de descer até o último degrau do negócio colocando a sua disposição uma tecnologia complexa, mas que para o usuário resulta como um plug and play”. Como produtora, Ladorian está também capacitada para criar os conteúdos informativos e publicitários.

O serviço padrão consiste em um SaaS (Software as a Service – Software como serviço) que licenciam nos estabelecimentos mensal ou anualmente. Oferecem também a opção de renting. O custo está entre os 150 e 200 euros por mês por estabelecimento tendo em conta que a solução de Ladorian é muito mais recomendável para franquias ou cadeias locais do que para um negócio particular.  O projeto foi lançado em 2016 e, uma vez consolidados na Espanha e superar os 3.000 pontos de vendas no próximo ano, a ideia é avançar para mercados europeus, estado-unidense e asiático, nessa ordem.

Gostou? Que tal conversar com outros vendedores e conhecer como funciona a área comercial de outras empresas? É só se inscrever na Real Networking!
https://www.realnetworking.co

Texto traduzido de: http://www.emprendedores.es/ideas-de-negocio/ladorian-digitalizacion-tiendas-fisicas

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *