Cinco profissões que serão deslocadas pela inteligência artificial

Cinco profissões que serão deslocadas pela inteligência artificial

A implementação de inteligência artificial nas empresas é uma realidade. Esta tecnologia saiu dos filmes de ficção cientifica para se tornar um companheiro a mais no trabalho, automatizando uma grande quantidade de processos de produção e serviços na indústria.

Segundo a empresa McKinsey & Company isto não é um fenômeno novo, mas sim um que está avançado e impactando a economia. Somente no México, a automatização modificaria ao redor de 25,5 milhões de empregos existentes, o qual representa 52% do total de profissões.

Para Gustavo Parés, diretor geral da empresa Nearshore Delivery Solutions México, é de vital importância estar atento as necessidades da indústria mexicana.

“É básico identificar claramente as áreas que mais podem se beneficiar da automatização e estar preparado para implementá-las de acordo com as exigências mutáveis de cada indústria”, sinalizou Parés.

Apesar da ávida abertura da indústria por esta tecnologia, se tem a crença que os sistemas de inteligência artificial e robôs substituirão os trabalhadores. Entretanto, de acordo com Parés, a finalidade real é ajudar aos trabalhadores em tarefas rotineiras ou perigosas, transformando suas funções no trabalho, e aportando assim mais segurança e eficiência.

Aqui te contamos quais são as cinco profissões que a nível mundial serão transformadas pela inteligência artificial:

  • Motoristas

Os carros sem motoristas já não são propriedades dos filmes futuristas. Empresas líderes como Google, Apple e Uber estão trabalhando forte na divisão de carros autônomos inteligentes. Por exemplo, Google tem mais de 3 milhões de milhas percorridas, aproximadamente 4,8 milhões de quilômetros percorridos por carros autônomos.

Isto chamou a atenção aos usuários pois significa viagens mais seguras, um consumo mais eficiente de combustível e uma redução no tráfego, sem mencionar o tempo livre resultante de soltar o volante e se esquecer do estresse do trânsito das grandes cidades.

 

  • Caixas e atendentes de bancos

A indústria bancária é uma das mais beneficiadas pela inteligência artificial e o software. Os novos serviços como bancos virtuais na internet (internet banking) já começaram a substituir as visitas ao banco. Watson, desenvolvido pela IBM, já é um dos sistemas mais utilizados neste setor.

Entre as funções dos sistemas de inteligência artificial (I.A) nos bancos estão o responder e-mails aos clientes, oferecer assessoramento em matéria de produtos bancários, de poupanças e seguros, até avaliação e aprovação de créditos.

Outro caso é a implementação de caixas inteligentes, que igual a um atendente, podem ajudar em diversas transações como o depósito a diversas contas, pagamento de serviços e saque de dinheiro.

 

  • Advogados

Há alguns anos resultava impossível pensar que uma tarefa tão complexa como ler e analisar as leis fosse atendida por um robô, mas isto já é uma realidade. ROSS é um sistema de inteligência artificial que pode revisar detalhadamente milhares de documentos jurídicos simultaneamente.

A implementação de sistemas robóticos no setor da justiça facilitará a busca de informação, economizando tempo aos advogados.

 

  • Fabricação de carros

A indústria automobilística é uma das mais beneficiadas pelo desenvolvimento da inteligência artificial, somente em 2012 a 2014, o número de robôs empregados no processo de construção de carros aumentou consideravelmente.

A frase “máquinas fabricando máquinas” é mencionada cotidianamente, pois as empresas buscam satisfazer a alta demanda de automóveis e reduzir custos.

 

  • Atendentes de Call Center

O sistema de atenção ao cliente que oferecem os call centers está mudando. Devido à alta demanda de atenção que exigem os usuários, as empresas estão optando pela inclusão de chatbots, que são sistemas de atenção ao cliente impulsionados pela inteligência artificial, os quais buscam resolver problemas ou dúvidas que o usuário tenha mediante o uso de chats.

 

Isto não significa que seu emprego seja afetado, mas sim que o atendente agora se dedicará a resolver problemas específicos e complexos que tenha o usuário e não simples dúvidas que uma máquina pode atender.

 

Se espera um alto número de mudanças para os próximos anos devido ao amplo desenvolvimento da inteligência artificial, entretanto, isto não é motivo de alarme, pois os especialistas asseguram que a tecnologia não acabará com mais trabalhos do que os que ela pode criar na próxima década.

 

Texto traduzido de: https://www.emprendices.co/5-profesiones-seran-desplazadas-la-inteligencia-artificial/

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *