Os 5 pontos mais fortes de uma PME

Os 5 pontos mais fortes de uma PME

As vantagens competitivas, quer dizer, aqueles pontos fortes que a destacam das demais, é a principal arma que possui uma pequena empresa frente a competitividade das grandes redes.

A base da estratégia competitiva consiste em desenvolver uma série de pontos diferenciais entre uma empresa e seus concorrentes. Pontos que serão avaliados pelos consumidores e que serão o fio condutor de todo o negócio.

Apresentamos quais são os cinco pontos nos quais você deve focar uma empresa se realmente quiser competir com as grandes redes:

Especialização:

É fato que o pequeno comércio especializado se defende melhor das grandes redes. Por isso, os negócios locais encontram a conveniência de transformar suas lojas em estabelecimentos focados em um tema ou uma indústria muito específica, para fazer frente a concorrência.

Localização:

A localização do estabelecimento é outro elemento que pode proporcionar uma grande vantagem competitiva. Por exemplo, um bom estacionamento proporciona a possibilidade de acessibilidade a um maior número de futuros clientes, além de ter a possibilidade de uma maior segurança sem ter que investir mais por ela, como o que acontece nos centros comerciais.

Se diferenciar do resto:

Duas estratégias muito comuns para se diferenciar são a qualidade do produto e o excelente serviço ao cliente. Se conseguir dominar estes dois elementos, terminará se destacando do resto de seus concorrentes.

Profissionais:

Ao profissionalizar uma empresa, se otimiza a coordenação das diferentes áreas do negócio mediante pessoas com as competências adequadas para as distintas atividades que aparecerem. Assim, o empresário se concentra nos aspectos do negócio que são de seu total domínio.

Parcerias:

Ser ajudado por outras empresas aumenta seu potencial ou se utilizarem dos serviços, umas das outras, também é chave. Duas cabeças pensam melhor que uma, e isso também ocorre no mundo empresarial.

 

Texto traduzido de: https://www.entrepreneur.com/article/264883

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *