Aproveite a nostalgia para vender mais

Aproveite a nostalgia para vender mais

O passado a seu favor!

Seja pela incerteza atual ou porque, como diz o ditado, todo o tempo passado foi melhor, o recordar as épocas de anos passados é uma forma de provocar uma conexão emocional dos consumidores com a tua marca.

Em uma busca de novas maneiras de fazer negócios, algumas empresas encontraram na nostalgia um bom mecanismo para impulsionar seus produtos.

Um dos exemplos mais recentes é a Nintendo com seu console NES Classic Edition, a qual foi vendida 1,5 milhões de unidades em somente 3 meses, e o valor só não foi maior devido a problemas de escassez de estoque.

No marketing, o objetivo ao empregar a nostalgia é provocar um sentimento único entre teus clientes através do uso de elementos do passado, utilizando seus próprios produtos, imagens ou tendências.

Outro dos exemplos mais claros é a Coca-Cola, com o regresso de sua clássica garrafa de vidro ou imagens que utiliza a cada ano na sua campanha natalina.

Coca-Cola-Nostalgia

E a nostalgia não está limitada as pessoas de maior idade, pois os millennials já demonstraram várias vezes que também querem recordar o passado, tal como fizeram com o uso massivo do Pokémon GO.

Mas o uso do passado não está limitado somente as grandes companhias. Se quiser empregar o marketing de nostalgia em sua PME, siga estes conselhos:

  • Utilize imagens e conteúdos de seu arquivo. Isso inclui as fotos da inauguração de sua loja ou como era sua primeira embalagem. Se não tiver arquivo, trate de começar agora e implemente algum sistema para guardar materiais que possam servir para você no futuro. E caso decida utilizar fotos temáticas, tenha atenção que sejam livres de direitos.
  • Não somente do passado vive o marketing de nostalgia. Você também deve criar conteúdos novos. E para você ter uma ideia, se lembre de todas essas listas de “Coisas que você fazia nos anos 70” ou “Os anos 90 foram os melhores porque…” que certamente você clicou quando aparecem no Facebook. Ligue os temas do passado com teu produto ou serviço, pois se lembre que o que pode ter servido para o vizinho não necessariamente pode ser o melhor para sua marca, então explore sua criatividade.
  • Ponha atenção no que pode dar errado ao utilizar estas lembranças. O mais claro é quando se utiliza uma imagem que pode ter conotações negativas para certas pessoas, por exemplo usar anúncios publicitários dos anos 50 que hoje são considerados sexistas, e isso também pode ocorrer até mesmo com algo que antes era inofensivo.Como exemplo, o hastag de McDonalds #McStories que se tornou uma dor de cabeça para a empresa de fastfood que ao invés de histórias nostálgicas, os usuários do twitter a utilizaram para contar suas piores experiências como empregados ou clientes.Mesmo que a empresa tenha retirado a campanha promocional do ar somente duas horas depois do seu lançamento, a história já tinha tomado uma proporção que ainda anos depois o hashtag ainda segue sendo utilizado para contar experiências negativas.
  • Monitore suas redes sociais e escute seus clientes. Talvez eles estejam sentindo saudade de algum produto ou serviço que antes você oferecia e que agora você poderá oferecer novamente.
  • Aproveite as celebrações de eventos históricos ou festas, sempre que sejam relevantes para sua marca. De nada serve criar recordações do dia da inauguração do metro da cidade se você trabalha com serviços de roupa de bebê.

 

Texto traduzido de: http://www.elfinanciero.com.mx/pyme/aprovecha-la-nostalgia-para-vender-mas.html

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *